Por que o caiaque é perigoso? 7 perigos e como evitá-los - Guia 2022

O caiaque é um esporte aquático popular, muitas vezes compartilhado com amigos e familiares. Embora o caiaque possa parecer uma atividade relativamente perigosa, é importante ter protocolos de segurança antes de sair para a água.

Quais são os perigos da canoagem?

Com tantos tipos diferentes de caiaques disponíveis hoje, existem alguns perigos potenciais que os praticantes de caiaque devem conhecer. No entanto, desde que você se prepare adequadamente e use o bom senso, esses perigos podem ser facilmente evitados. Aqui está o que observar:

1. Se perder

Se você estiver indo em mar aberto pode ser uma experiência incrível e linda. Mas isso pode ser bastante perigoso se você perder o litoral e a noção de onde está indo. Muitas vezes, você nem percebe quanto tempo remou e, em seguida, descobrir que não sabe para onde ir é um problema. Este é o mesmo para grandes massas de água também. Ficar muito longe do local onde você embarcou pode ser realmente desonesto.

2. raios

Assim como pode ser perigoso estar no oceano quando há tornados, também é arriscado andar de caiaque durante uma tempestade com raios. Se você vir nuvens se formando no alto, não hesite em voltar para a terra o mais rápido possível.

3. Águas rasas

Outra razão comum pela qual os canoístas tombam seus barcos é porque eles estavam tentando navegar em águas rasas. Quando você escolher para onde vai andar de caiaque, escolha apenas locais onde a água fique a pelo menos XNUMX centímetros de profundidade durante toda a viagem. Dessa forma, mesmo que as coisas fiquem difíceis ou agitadas, suas chances de permanecer seguro ainda são altas.

4. vento

Assim como um tornado, pode ser muito perigoso estar na água quando há muito vento. Se vocês são caiaque em um rio ou lago, tente ir em dias calmos e tranquilos para evitar qualquer tipo de risco de lesão por ventos que agitam as ondas.

5. Colisão com outros barcos

Além de evitar águas rasas, não se esqueça de também ficar longe de barcos grandes, bem como de outras embarcações que tenham motores acoplados. Esses tipos de embarcações não são facilmente manobráveis ​​e representam uma ameaça ainda maior do que as tempestades no mar, pois podem realmente atropelá-lo.

6. Hipotermia

Mesmo se você estiver usando um colete salva-vidas, nunca caia na água sem estar perto o suficiente da costa para que o colete o mantenha seguro na água. Se você cair acidentalmente, esse sentimento encalhado pode levar a hipotermia se você não for cuidadoso.

7. Queimaduras solares

Uma razão comum pela qual os praticantes de caiaque tombam é porque eles adormeceram enquanto estavam na água por muito tempo. Isso geralmente acontece em dias ensolarados, quando você fica muito quente e tira uma soneca sem perceber que sua posição no lago ou rio mudou. Certifique-se de usar protetor solar, óculos escuros e chapéus ao usar seu caiaque nos dias mais quentes do ano!

Quais são algumas coisas importantes a saber ao andar de caiaque?

– Em primeiro lugar, vestindo um colete salva-vidas é um dos mais importantes precauções existe. Seja usado sozinho ou embaixo de um dispositivo de flutuação pessoal, um colete salva-vidas pode salvar sua vida se você escorregar acidentalmente na água.

– Lembre-se de que a segurança na água é determinada por quantas pessoas estão em seu grupo e que tipo de caiaque você tem. Se você tiver um grupo de amigos saindo juntos para o lago ou rio, certifique-se de que todos tenham seu próprio caiaque pessoal com eles, em vez de compartilhar. Por ter seu próprio caiaque, se uma pessoa tombar, pelo menos há outro barco por perto para o resto do grupo se agarrar!

– Certifique-se de que todos os membros do seu grupo conheçam primeiros socorros básicos e RCP – pode salvar vidas se alguém cair no mar e precisar de ajuda para voltar à costa com segurança.

– Ao planejar onde você vai andar de caiaque, tente escolher locais longe do tráfego intenso na água. Barcos próximos podem representar um sério perigo se não o virem e colidirem acidentalmente com seu caiaque.

– Sempre verifique o boletim meteorológico antes de sair para a água – não há sentido em arriscar ferimentos ou morte fazendo uma viagem durante períodos de vento forte, raios ou tempestades. Mesmo que pareça que as coisas vão melhorar no final do dia, sempre seja cauteloso e evite sair quando houver alguma chance de ser pego de surpresa por más condições climáticas.

Quais cuidados devem ser tomados na canoagem?

– Em primeiro lugar, usar uma vida é a chave para se manter seguro durante a canoagem. Não só ajuda a mantê-lo à tona, mas também pode protegê-lo de quedas perigosas ou outros ferimentos se sua canoa virar.

– Também é muito importante ter alguém em seu grupo que seja um nadador experiente. Se todos os outros forem ao mar, essa pessoa poderá ajudar o resto do grupo a voltar para a praia com segurança sem se afogar ou se machucar ainda mais ao se debater na água.

– Certifique-se de evitar águas rasas, barcos com motores acoplados e rios com correntes fortes, pois essas são razões comuns pelas quais as pessoas tombam suas canoas.

Todo mundo sabe como o caiaque pode ser divertido durante o bom tempo em um lago ou rio - mas ninguém quer acabar mal vestido para o clima ou se afogar porque seu caiaque tombou. Com um pouco de preparação e bom senso, você pode passar momentos incríveis na água sem se preocupar com acidentes. Afinal, é suposto ser relaxante!

Então, algumas das coisas mais importantes a saber, mais uma vez:

– Evite sair durante as más condições meteorológicas, especialmente tempestades. Tempestades no mar são especialmente perigosas por ficarem presas no meio de um corpo de água com nada além de um dispositivo de flutuação

– Use sempre um colete salva-vidas. Seja usado sob um dispositivo de flutuação pessoal ou ao redor da cintura, usar algo para mantê-lo flutuando é fundamental para a sobrevivência em muitas situações (como tombar)

- Assegure-se de que você conheça o básico e como controlar sua embarcação. Não pise em águas que são muito avançadas para você e esteja sempre atento aos perigos, pois até canoístas experientes perderam a vida em águas calmas. Um erro é suficiente.